É comum ao encerramento de um contrato que locador/administrador e locatário discordem sobre a manutenção do imóvel locado na entrega das chaves. Isso se estende desde a pintura de uma parede ao conserto pontual de uma porta ou janela com vidros trincados por exemplo. Fato é que um bom relatório de vistoria de entrada, com registro fotográfico minucioso e não contestado pelo locatário no prazo de 30 dias será obviamente comparado ao relatório de vistoria de saída e havendo divergências, as mesmas precisam de uma solução.

O ponto mais conflitante é com relação a pintura de paredes. Aqui é importante observar que a pintura não é o fator determinante, pois na maioria dos casos uma leve limpeza é suficiente. O problema é com relação a furação das paredes. É preciso que o locatário compreenda que furar a parede, seja para pendurar um quadro ou instalar algum móvel irá sim comprometer a lisura da parede, e simplesmente tapar com massa acrílica não é suficiente. Será preciso pintar a mesma, independente se a pintura era antiga ou nova.

Neste imóvel foram contabilizados mais de 70 pregos nas paredes.
Neste imóvel foram contabilizados mais de 70 pregos nas paredes.

 

Outra atitude comum dos locatários é utilizar portas para fixar cabideiros ou espelhos. Aqui novamente um simples reparo de uma furação pode ser suficiente se não comprometer sua lisura. Já registramos casos absurdos de instalação de tramelas para cadeados nas portas internas de uma residência, ai não tem discussão: cobrança de uma nova porta e serviço de instalação e pintura da mesma. Saiu caro.

Instalação de uma tramela para cadeado na porta interna do imóvel.
Instalação de uma tramela para cadeado na porta interna do imóvel.

 

Além dos casos citados, existem inúmeras outras situações em que o locatário acaba tendo que arcar com prejuízos por simples descuido ou até mesmo relaxo para com o bem alheio. A pintura externa de um imóvel é um caso em que o locatário não tem responsabilidade imediata, salvo comprovado descuido, o que ocorre muitas vezes por animais de estimação – pegadas, riscos, etc ou pela instalação de aparelhos de ar condicionado por exemplo.

 

De qualquer maneira, é preciso que o locatário compreenda que se trata de um bem alheio e que aquele imóvel tem valor para o proprietário e que outras famílias irão ocupa-lo após sua saída. E é papel do corretor de imóveis garantir que o locatário entregue o imóvel no mesmo estado em que o recebeu, mesmo que para isso o caminho seja judicial. O bom senso deve sempre prevalecer quando utilizamos um bem que não nos pertence e na dúvida, perguntar sempre ao corretor ou administrador como proceder.

 

Placa de identificação de rua em Entre Rios

O Distrito de Entre Rios finalmente irá ganhar placas de identificação nas ruas. O projeto de iniciativa privada visa atender não só uma demanda da comunidade local que, após a nomeação de mais de 70 ruas em 2015, desconhece os novos nomes, mas também de turistas que vistam regularmente as colônias.

De acordo com Idenilson Roberto Tulio – idealizador da proposta, o projeto imediatamente recebeu a benção de empresas locais e líderes comunitários. As empresas interessadas em apoiar essa iniciativa podem entrar em contato diretamente com o Idenilson pelo telefone (42) 99817-6772.

 

Os contribuintes de Entre Rios, proprietários de terrenos vagos acima de 3000m2 terão um aumento significativo no IPU 2017. Isso porque foi instituída através da lei complementar 67/2016 aprovada em 21/12/2016, a cobrança da TAXA DE COMBATE A INCÊNDIO. Para esses tipos de terrenos, tabela de 5 UFM’s (Unidade Fiscal Municipal), valor equivalente a R$ 272,05.

Muitos desses terrenos ainda são usados para a atividade agrícola, mas a nova lei não prevê a isenção dessa taxa mesmo que exista tal atividade no imóvel como ocorre com o IPTU e taxa de lixo por exemplo.

A justificativa prevista na lei que mais interessa aos contribuintes do distrito seria pela manutenção do Posto de Bombeiros.

Para maiores detalhes, faça o download da referida lei aqui.

Guarapuava IPTU 2017

Os proprietários de imóveis em Guarapuava/PR e distritos já podem emitir as guias para pagamento do IPTU 2017 no município. Os contribuintes que optarem pela cota única terão 10% de desconto sobre o imposto, com data de vencimento para abril. A Prefeitura informou ainda que os carnês do IPTU serão enviados via Correios até a segunda quinzena de março.

Para emitir a guia de recolhimento, acesse o Serviços ao Cidadão disponível no site da Prefeitura.

 

 

Mesmo com as devidas explicações acerca das leis, seus deveres e obrigações e com contrato de exclusividade assinado, não raramente o corretor de imóveis precisa lidar situações na qual a dispensa do seu trabalho acaba virando critério para a continuação de um negócio. Seja na venda de um imóvel, seja numa locação.

Nós da Hauptmann Corretor de Imóveis acreditamos que nosso trabalho vem para somar, formando sólida parceria baseada em confiança para intermediar interesses e evitar abusos e golpes, tão comuns no mercado imobiliário. Por isso todos os nossos imóveis, seja para venda ou locação, são ofertados somente com exclusividade. Por isso segue algumas dicas:

  • Quando ver uma placa de aluga ou vende da Hauptmann Corretor de Imóveis, nos procure. Com toda a certeza aquele imóvel possui exclusividade e o proprietário nos confiou intermediá-lo, com valores e condições mínimas para negociar. Proprietários se sentem incomodados com a procura direta uma vez que há placa de corretor ou imobiliária no imóvel, criando uma situação de extremo desconforto e colocando em risco a negociação. Não seja inconveniente, não incomode o proprietário.
  • Quando propor a quebra de contrato afim de evitar pagar a corretagem, esteja ciente que estará prejudicando somente a outra parte, uma vez que contratos de exclusividade não preveem distrato e a corretagem acaba sendo igualmente devida, mesmo após o negócio ocorrendo posteriormente conforme previsto na LEI Nº 10.406/2002 (Código Civil Brasileiro) – Artigo Nº 779: “Se, por não haver prazo determinado, o dono do negócio dispensar o corretor, e o negócio realizar posteriormente, como fruto da sua mediação, a corretagem lhe será devida; igual resolução se adotará se o negócio se realizar após a decorrência do prazo contratual, mas por efeitos dos trabalhos do corretor.”.
  • Quando você procura um corretor de imóveis para alugar ou vender o seu imóvel, esteja ciente que um contrato de exclusividade é um compromisso sério e muito trabalho é focado nele. Existe uma equipe analisando propostas e riscos, mantendo toda uma estrutura e dedicando seu tempo para que tudo aconteça da melhor maneira possível.

Seja honesto consigo mesmo e confie no trabalho do corretor de imóveis – ela pode render uma parceria para a vida toda.